RocketAds – Curso de Facebook Ads & Instagram Ads

Público de Lookalike no Facebook Ads – o que é e boas práticas

Artigo por Felipe Cardozo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Público de Lookalike no Facebook Ads é um recurso que permite a criação de um público maior a partir de uma base que pode ser de lista de e-mails, telefones, etc.

Se você tem, por exemplo, uma lista com 500 e-mails dos seus melhores clientes, você poderá criar um público com base nessa lista entre 1.400 milhão e 10 milhões de pessoas.

Se antes você tinha apenas 500 e-mails dos seus melhores clientes, agora você terá a possibilidade de veicular seus anúncios para mais de 1 milhão de pessoas similares aquelas que estavam na lista de e-mails.

Isso é possível porque o Facebook tem a capacidade de analisar os perfis dos usuários dessa lista de 500 e-mails e verificar em todo Facebook pessoas similares a elas.

Entretanto, é importante compreender as boas práticas em criar essas listas de Lookalikes.

Vamos a elas?

1. Tamanho do público de Lookalike

Eu sei que dá vontade de criar o máximo possível de um público de Lookalike, mas saiba que quanto maior for o público de Lookalike, menor será a qualificação dela em comparação com a base usada.

Ou seja, um público de 1.4 milhões de pessoas de um Lookalike é mais qualificado do que um público de 10 milhões de Lookalike.

Portanto, experimente testar Lookalikes menores para atingir pessoas mais similares aquelas da sua lista usada como base de criação do Lookalike.

2. Faixas de Lookalikes

Quando você cria um público de lookalike no Facebook Ads, você consegue criar faixas distintas desse público. Isso significa que, você consegue criar não só um público de Lookalike de uma base específica, mas sim fatiar esse público em frações para poder usar individualmente em um conjunto de anúncios.

A vantagem de fatiar seus públicos de Lookalike é que quando você for anunciar, poderá escolher uma dessas faixas primeiro e só adicionar a segunda ou mais faixas quando esse público estiver saturado.

Sendo assim, você consegue ter um controle maior sobre a entrega para um público de lookalike mais qualificado e inserir novas faixas desse mesmo público quando necessário.

3. Use fontes distintas

É um erro achar que você consegue criar públicos de Lookalikes apenas de uma lista de e-mails ou de telefones. Você pode também criar públicos de Lookalikes de outras fontes, como:

Criar Lookalike de pessoas que assistiram seus vídeos

Neste tipo de público, prefira testar criar Lookalikes de pessoas que assistiram 95% dos seus vídeos, pois convenhamos que quem assiste 95% dos seus vídeos tem mais interesse em seus produtos, serviços ou negócios e claro, criar um Lookalike dessas pessoas pode ser ideal para melhorar a performance das suas campanhas.

Criar Lookalike de pessoas acessaram seu site

Você consegue ainda criar Lookalike de pessoas que acessaram seu site, mas experimente, por exemplo, criar Lookalikes de quem iniciou uma compra no seu site ou ainda criar um lookalike de quem comprou de você, caso você tenha um volume de compra considerável. Quem iniciou a compra ou quem comprou, claro, é mais valoroso do que quem apenas acessou seu site e dessa forma, criar um Lookalike dessas pessoas pode te trazer resultados incríveis.

Criar Lookalike de pessoas que interagiram com seus Instagram

Outro público de Lookalike interessante é de quem interagiu com seu Instagram. É importante frisar ainda que, quanto mais orgânico forem seus seguidores, melhor será a qualidade dessa fonte para criar Lookalike.

Ou seja, se você comprou seguidores ou usou alguma ferramenta para crescer seu Instagram, talvez as pessoas que te seguem não estejam tão interessadas em seu negócio, produto ou serviço.

Dica: Quando você cria um público de envolvimento com Instagram, existem opções para você customizar esse público, como por exemplo “Pessoas que enviaram mensagens por Direct”. Se uma pessoa enviou um direct pra você, ela, em tese, está mais interessada do que quem apenas visitou seu perfil no Instagram.

Criar Lookalikes dessas pessoas que enviaram directs no seu Instagram também é uma ótima oportunidade de veicular seus anúncios para pessoas que podem se interessar mais em seu negócio, produto ou serviço.

4. Foco na qualidade da base

Um bom lookalike é criado a partir de uma boa base de usuários. Dessa forma, criar Lookalikes de bases ruins pode significar ter um Lookalike ruim.

Tente sempre criar bases qualificadas para que elas sirvam de fontes para bons Lookalikes. Experimente usar bases de clientes que pagaram valores com tickets altos, que pagaram por cartão de crédito, ou que compraram à vista.

Criar Lookalike dessas pessoas sem dúvidas trará mais qualificação para esse público mais amplo.

5. Seja criativo ao escolher as fontes

Teste diferentes fontes de listas para criar seus Lookalikes. Experimente criar uma base com as pessoas que mais interagem com seu negócio no WhatsApp ou Telegram, ou aqueles alunos que assistem mais de 80% de um curso seu (se esse for seu nicho).

Use e abuse da criatividade em buscar fontes ideais para criar seus Lookalikes perfeitos.

6. Re-seguimente seus públicos de Lookalike

Quando você cria um público de Lookalike, você tem no meio dessa audiência diversas especificidades e comportamentos específicos. Ainda que o Facebook use toda sua inteligência para criar essa audiência mais similar à sua lista usada, saiba que você ainda pode customizar mais ainda com base em interesses.

Em um conjunto de anúncios, você pode, por exemplo, limitar ainda mais uma base de Lookalikes cruzando-a com interesses, comportamentos e demografias.

Dessa forma, você usa o Lookalike que deseja, mas coloca uma condição que embora limite esse público, trará bem mais segmentação a ela com foco em atingir ao certo as pessoas ideais.

7. Cuidado com limitação extrema de Lookalike

Ainda no gancho do item 6, você pode também limitar um público de Lookalike por gênero, idade e localidade.

Como você não consegue fazer isso imediatamente na criação dos Lookalikes, resta então customizar isso dentro de um conjunto de anúncios.

Ocorre que, quanto mais re-segmentação você fizer, menor será o público. Ou seja, se você tiver, por exemplo, um público de Lookalike de 1.4 milhões de pessoas, selecionar esse público em um conjunto e configurar a seguir uma faixa etária de 18 a 35, mulheres e que moram na cidade de Pelotas-RS, essa base poderá reduzir muito.

E caso você realmente tenha a necessidade de fazer essa re-segmentação, considere colocar esse Lookalike mais amplo, testando por exemplo Lookalikes acima de 5 milhões de pessoas, mas sempre testando e vendo o tamanho final do público.

Conclusão

O Lookalike é sem dúvidas um público interessante para se trabalhar no Facebook Ads, mas é importante sobretudo buscar utilizar uma fonte qualificada e com maior peso de valor de qualidade para que seu lookalike seja o melhor possível.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Rocket Cursos Online LTDA / CNPJ: 36.555.335/0001-13